Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2011

Niclevicz desbrava as Cataratas em meio ao turbilhão de água

O alpinista Waldemar Niclevicz atravessou as Cataratas do Iguaçu em tirolesa e comentou a emoção de realizar a façanha. O alpinista desbravou um turbilhão de três milhões de litros de água por segundo, ficou suspenso a 90 metros de altura e percorreu uma distância de 155 metros até chegar às quedas do lado argentino, na sexta-feira (4). A aventura foi uma ação voluntária do iguaçuense. Segundo Niclevicz, a experiência foi eletrizante. “Eu amo esta terra. Sou de Foz do Iguaçu. Voltar às Cataratas é algo que encanta, emociona e me faz muito feliz. Tudo que eu quero é ver este paraíso entre as Novas Maravilhas da Natureza. Se for pra ajudar Cataratas faço isso tudo novamente”, revelou. Mesmo com muito vento e jatos de água, o alpinista conseguiu abrir uma bandeira em apoio à eleição das Cataratas do Iguaçu a uma das 7 Novas Maravilhas da Natureza. A proeza aconteceu às 9h20. Para o casal suíço Luigi e Simone Benincasa, a cena foi incrível. “Niclevicz deu ainda mais magnitude e…

SEJA LÚCIDO EM MEIO A TANTA LOUCURA

SEJA LÚCIDO EM MEIO A TANTA LOUCURA
NA MANEIRA DE SE LIDAR COM O PORTADOR DE TRANSTORNO MENTAL.


O transtorno mental pode acarretar prejuízos na vida social, familiar e profissional do portador. Durante as crises podem ocorrer frequentes dificuldades de atenção e memória em suas
atividades, ocasionando uma diminuição do desempenho de tarefas cotidianas,
inclusive profissionais. Estes sintomas podem desaparecer quando adequadamente
tratados. É de fundamental importância que se entenda que o transtorno mental pode
ser tratado e que o portador não é apenas as suas crises. Bem medicados,
recebendo cuidados adequados (sendo respeitados e sentindo-se aceitos) podem
ficar tranquilos e serem produtivos.


Hoje, após vários estudos e experiências podemos constatar que é
ineficiente observar e tratar o transtorno mental simplesmente de uma ótica
médica, que necessite puramente de uma mera intervenção clínica, medicamentosa.
O portador de sofrimento mental é um ser humano e como tal deve ser trat…

Pensamentos de Maria

Maria Aparecida Francisquini
Quando guiada pelo preconceito, comumente a pessoa se torna irracional, insana. A não aceitação da diferença, ao longo da história, já foi motivo de muitos atos que ocasionaram sofrimento e muita dor. A pessoa preconceituosa naturalmente se torna intolerante, e guiada por esta intolerância, é capaz de atos desumanos.

V EBEM - Encontro Brasileiro de Educação e Marxismo

V EBEM - Encontro Brasileiro de Educação e Marxismo

"Marxismo, Educação e Emancipação Humana"

11, 12, 13 e 14 de abril de 2011

Universidade Federal de Santa Catarina - Florianópolis - Brasil

O EBEM é um encontro de âmbito nacional que tem por objetivo
possibilitar a discussão entre investigadores, professores,
estudantes, militantes dos movimentos sociais e os diversos núcleos de
pesquisa que abordam o tema da educação na perspectiva
teórico-metodológica do materialismo histórico.

Envio de resumos para apresentação de trabalhos: até 25 de novembro de 2010

Para mais informações, acesse: http://www.5ebem.ufsc.br/

Programação

Segunda-feira - 11 de Abril de 2011

17h - Credenciamento

19h - Conferência de Abertura

Terça-feira - 12 de Abril de 2011

8h - Mesa Temática 1

ESTADO E EDUCAÇÃO NA PERSPECTIVA DA CLASSE TRABALHADORA

.Beatriz Rajland (UBA/AR)
.Roberto Leher - UFRJ
.Fernando Ponte de Souza - UFSC

12h30 - Almoço

14h - Apresentação de trabalhos

19h - Encontro com Sindicatos e o…

Caótica Parafernália

Gilberto da Silva



Há muito tempo eu venho escrevendo sob tensão, raiva e medo. Tensão, raiva e medo. As vezes só com tensão (outras só com tesão), ou com raiva ou com medo. Há muito tempo escrevo com ódio e mais nada, nada. Nada como o vazio do próprio ser.
O que me faz a raiva? O que me traz o medo? Por que a tensão? Tensão e raiva e medo.
Ódio? Que ódio, que medo? Nervos, raiva e ódio...

Viver morrendo, morrer vivendo: simples trocas...

Cheguei ao caos – caótico -, anti, ANTI: o animal radical, radical? (e se for sufixo?)
Antifilosofia, ou antesfilosofia? Antiherói (o que morreu morreu ficou prá trás), anticristo, antidiabo, antisatanás, antimal. Antigamente....

Há muito tempo escrevo sob tensão, raiva e medo. Raiva, medo e ódio.
LACÔNICO – não de lacunas, mas breve, curto, conciso. Duro, animal emergido do nada.
Duro como pedra, como aço – metal, metálico. Vi mundo caírem aos meus pés, ao meu redor. Psicodélico vi obhetos voadores não identificados, ufos, UFA!, antidroga, anti-hum…

eleições

O bom da eleição é que nossas máscaras caem, nossas idiosincrasias ficam mais evidentes e nela nos revelamos. Em alguns o autoritarismo aflora, em outros a subserviência voluntária ou não se evidencia. Nós nos revelamos mais machistas, racista, intolerante, mais preconceituosos, às vezes até mais obtusos e superiores! Desqualificamos o adversário, marginalizamos o outro e desprezamos a ética. Mas existe caso – poucos – que nasce o amor, onde havia ódio, prazer – onde havia desprazer e assim “são franciscamente” atingimos o centro da felicidade.

O bom das eleições é essa diversidade de opiniões- e ainda bem que temos eleições, não é? O bom das eleições é que alguns são capazes de discernir no embate político o caráter de seus atores: guerrilheiros, pistoleiros, sanguessugas, revolucionários, conservadores, reacionários, enganadores, ambientalistas, desmatadores, matadores, palhaços, idiotas, socialistas, capitalistas e por ai afora....

Como é bom ter eleições! Assim, despertamos nosso …